27/01/2013

Cursos Gratuitos/Aulas On line e conhecimento etc...

*É só acessar o link do FGV On Line.

*Aulas on line no site da USP , acesse e-Aulas USP

*Unesp Aberta conhecimento ao seu Alcance , acesse  Unesp Aberta 

*Dicas de várias matérias técnicas exercicios práticos e simulados de provas  do ITA
- acesse Rumo ao ITA

*Material coletado na internet. Apenas indicamos os links onde os mesmos estão disponíveis.

Lean Manufacturing - Toyota

 “Lean Manufacturing” é uma expressão que significa enxuta, nascida da observação ocidental das práticas de trabalho e de produção desenvolvidas dentro da cultura oriental e que se mostraram mais eficientes do que os métodos ocidentais.
É uma filosofia de manufatura que busca reduzir o tempo entre o pedido do cliente e a entrega, através da eliminação de desperdícios. 
Ferramentas Lean :


Desperdicios na Indústria:



Este vídeo altamente educativo mostra um dos maiores casos de sucesso de implementação e uso de Produção Enxuta , ele é composto em duas partes :

parte I

parte II


05/12/2012

Estágio Engenharia !!!

Vagas de estágio de Engenharia na Empresa ENGETAB




Empresa é do segmento de refrigeração, ar condicionado e automação, com o objetivo de efetuar a prestação de serviços de comissionamento e qualificação em sistema de Ar Condicionado (HVAC).

Para maiores informações enviar curriculo parhumberto@engetab.com.br

29/11/2012

Dinâmicas de Apresentação

Dinâmicas de apresentação, essas que têm como um dos principais objetivos fazer com que o grupo se conheça e estreitar as relações dentro do grupo, também quebrar um pouco o "gelo" dos primeiros momentos e contatos dentro de um grupo.


Para acessar o blog - Dinâmicas de Grupos acesse o link clicando na imagem abaixo:








28/11/2012

E-books - Livros para Lideranças (pdf)

Acabei de postar sobre o assunto Engenheiro Líder !

E como futuro engenheiro tenho que dar uma solução ... para que engenheiros e futuros engenheiros independente da engenharia possa a cada dia desenvolver o perfil de lider.

Segue alguns livros para Lideranças em pdf








*Materiais coletados da internet*


Engenheiro Líder !!!

Ainda não sou graduado em Engenharia , porém vou escrever aqui no blog  minha opinião o que pode ser Engenheiro líder :

O engenheiro hoje não fica só responsavel por projetos , por pensamentos logicos , não só conhecem calculos de resitência dos materais ,hoje o engenheiro tem que saber lidar com pessoas e ter liderança ou seja ter espirito empreendedor e melhorar a produtividade e qualidade tanto na manufatura ou serviços .

O engenheiro tem que estar apto a liderar sua equipe e motivá-la para o crescimento da empresa.
Ele deve ser capaz de gerir recursos técnicos, humanos e financeiros. 
Ele deve estar em dia com as flutuações do mercado e com os avanços tecnológicos e estar sempre buscando novas oportunidades.
Infelizmente, nossas escolas de engenharia, ainda não estão sendo capazes de suprir todas essas novas necessidades advindas das mudanças e revoluções dos últimos anos.

Os engenheiros recém-formados partem para o mercado de trabalho e deparam-se com o grande desafio, como liderar minha equipe para o sucesso? Temos a tecnologia, mas como fazer com que os membros do time compartilhem de nosso objetivos, como levá-los a agir seguindo nosso comando?
Embora alguns ainda questionem a necessidade de investir em formação humana nas escolas de engenharia, este grupo está cada vez menor.  Apesar do reconhecimento da crescente necessidade de investimento em formação em competências de liderança e gestão de pessoas dos engenheiros, muito pouco tem sido feito de forma concreta para solucionar os problemas.

13/10/2012

A Fábrica do Futuro

A fábrica do futuro caracteriza-se por outros aspectos, além de uma instalação repleta de robôs e um elevado grau de automação, e está devidamente organizada em torno da tecnologia, do computador, que integra, por softwares especialmente desenvolvidos, praticamente todas as atividades. Nela, há o uso generalizado de ferramentas como CAD, MRP II, ERP, EDI, e acima de tudo, destaca-se a presença do trabalhador do conhecimento ( o knowledge worker,  o colaborador que usa a cabeça, o saber, mais do que as mãos). Podemos dizer que a fábrica do futuro apresenta as seguintes características:
  • Organização da produção: focada na alta produtividade. As atividades que não agregam valor são eliminadas. A filosofia de fazer certo desde a primeira vez é levada a extremos. Os refugos e retrabalhos não são admitidos. Os métodos de trabalho têm mecanismos para a prevenção de problemas. Os níveis de estoques são baixíssimos, poís o just-in-timeesta em toda parte, e os componentes são entregues diretamente nas linhas de fabricação e/ou montagem. As fabricas são extremamente limpas e organizadas, em decorrência da aplicação sistemática do housekeeping. Os colaboradores são treinados em várias funções, desde a operação, preparação e manutenção até projetos de novos produtos e/ou processos produtivos, são todos controlados por computadores por meio de software integrados.
    Hoje já existem muitas fábricas do futuro em plena operação, a exemplo dos sistemas denominados produção enxuta, que surgiram no Japão e estão se espalhando por todo o mundo.
    A autoridade do colaborador, no que se refere à qualidade do produto, é praticamente ilimitada. Ele pode, a qualquer instante, parar a linha de produção, uma vez constatada uma não-conformidade já ocorrida ou latente. O espirito de grupo e de compromisso mútuo está presente. Todos os outros colaboradores procuram ajudar na solução do problema para que a linha volte à normalidade o mais rápido possível. Metodologias de identificação e solução de problemas são amplamente difundidas e incorporadas à cultura de todos os colaboradores. A gestão dos processos é feita pela utilização de indicadores de desempenho amplamente discutidos e aceitos por todos os colaboradores que estiverem intimamente ligados aos objetivos estratégicos e táticos da empresa;
  • Projeto dos produtos e dos processos: os projetos dos produtos  são desenvolvidos juntamente com os processos onde serão fabricados. A engenharia simultânea é aplicada em larga escala, passando a ser lugar-comum em todas as empresas. A atenção aos objetivos dos clientes guia o projeto, e a utilização de técnicas como o desdobramento da função qualidade (QFD) e  a análise de falhas (FMEA) assegura maior qualidade e confiabilidade aos produtos. Os produtos têm um menor número de componentes, o que diminui os riscos de falhas e os custos, sem que se perca a flexibilidade, pois os produtos são modulados.
  • Layout: é o elemento determinante da fábrica do futuro. As fábricas grandes até então tidas como padrão são divididas em várias pequenas unidades dentro da fábrica original, devidamente focalizadas, organizadas em células de produção, com elevado grau de automação. Os novos projetos contemplam áreas reduzidas para estoques de matérias-primas e produtos acabados, e não há previsão de áreas para retrabalho. Até mesmo as áreas  reservadas para os produtos em processos são reduzidas, pois as linhas são balanceadas de forma a permitir um fluxo contínuo e sem acúmulo em determinados pontos de processo. Esse processo de mudança permite que possa se dobrar a produção utilizando-se a metade da área até então usada.
  • Comunicação visual: as informações sobre produção, produtividade, objetivos atingidos e a atingir, porcentagem de refugos, etc., estão dispostas em quadros espalhados por todas as instalações, para serem lidos, analisados e criticados por todos os colaboradores. A era dos gerentes que guardam informações para deter o poder esta chegando ao fim.  Na fábrica do futuro as informações são disponibilizadas em tempo real, como a utilização de painéis eletrônicos conectados a vários terminais de entrada de dados. A utilização de cores é explorada ao máximo, com cartões kanbancontêineres, bancadas, etc., coloridos de forma a transmitir uma ou mais informações sobre o andamento dos processos.
  • posto de trabalho:  o posto de trabalho é projetado tendo em vista  os conceitos de ergonomia, procurando o conforto, bem-estar e segurança dos colaboradores. Além disso, a fábrica do futuro é ecologicamente correta. isto é, não é poluidora. São certificadas nos termos da ISO 14000 ou normas correspondentes. A preocupação em trabalhar com materiais recicláveis está presente em todas elas.
Fonte: Martins, P. G.; Laugeni, F. P. (2006). Administração da Produção. São Paulo. Saraiva.